terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Geleia de cerejas floresta negra.

(adaptado de Essen & Trinken, julho 09)

Essa geleia foi uma descoberta que revolucionou o café da manhã aqui em casa. Longe de ser uma geleia que agrada crianças, devido a um certo “caráter masculino” presente, ela trouxe para a refeição matutina o sabor da fatia da torta floresta negra, o pecado clandestino a que me permito durante uma obrigação e outra numa tarde da semana. O resultado é genial. Acredito que essa geléia possa ser usada como recheio ou acompanhamento para bolos. Ao contrário da torta floresta negra, no entanto, que precisa ser consumida fresca, a versão em geleia adquire mais sabor algumas semanas depois do preparo. A dica então, se for possível, é aguentar e esperar para abrir o vidro.


Ingredientes para 6 vidros de 230 ml:

  • 1200 g de cerejas
  • Suco de meio limão siciliano
  • 550 g de açúcar refinado
  • 25 g de pectina
  • 50 g de chocolate (50% de teor de cacau)
  • 40 ml de café bem forte ou 1 colher de chá de café solúvel
  • 4 colheres de sopa de kirsch ou licor de cereja

Modo de preparar:

  1. Lave e seque as cerejas. Retire as sementes. Você precisa de 1 kg de cerejas para a receita. Bata a metade das cerejas no liquidificador até obter um purê. Em uma panela funda, misture todos os ingredientes. Mexendo sempre, cozinhe em fogo médio. Conte 3 minutos a partir da fervura, teste a consistência e retire do fogo. Durante a fervura, remova a espuma com o auxílio de uma escumadeira.
  2. Pique o chocolate e misture-o à geleia. Acrescente o café e o licor e misture. Despeje a geleia em vidros esterelizados. Tampe e deixe os vidros de ponta-cabeça por 5 minutos. Desvire e deixe esfriar.


5 comentários:

Juliana Vermelho Martins disse...

Amo geleia, amo geleia, amo geleia!!! (mesmo que, sem acento, geleia jã não seja mais a mesma coisa...)

Nos últimos dois anos já fiz uma centena (e não há exagero algum nesse número) de potes de geleia: morango, laranja, figo, uva e jabuticaba. Fiz também marmelada (de marmelos verdadeiros!).

Infelizmente não fiz, nem nunca farei, geleia de cerejas no Brasil. As poucas cerejas que compro não chegam ao ponto de virar geleia porque devoro todas antes! E HOJE vi um mísero pacotinho de 100g de cerejas a OBSCENOS 10 REAIS!!!

Vou aguardar ansiosamente o dia em que poderei voltar pra França na primavera a fim de me acabar numa crise bulímica de tanto comer cerejas!

Farei jus ao meu sobrenome!

Bigode de chocolade disse...

Ju, cereja é cara aqui e aí. Mas com 200 gramas você já faz um vidro cheinho... digamos 150 g. Os outros 50 g você devora assim mesmo.
Obrigado.

Maria Fernanda disse...

@Juliana,
Onde você mora?
Aqui no Rio (onde eu moro) as cerejas continuaram depois do Natal (os chilenos não iam perder uma boca dessas...), estão ótimas, e o quilo está por volta de R$20,00(às vezes mais, às vezes menos). Já fiz geléia de cereja duas vezes esse verão, mas como tudo antes de usá-la em pão, ou bolo, ou biscoito..... Mas vou fazer essa receita do Bigode, me parece muito boa!!!! Tenho que aproveitar a estação.

Keiko disse...

Acabo de descobrir teu blog e estou achando um barato. Eu faco geleias tambem e molhos de frutas para iogurte, mas nunca usei chocolate na receita. Vou experimentar. Uma pergunta: para que virar o vidro no finalzinho?

Bigode de chocolade disse...

Obrigado por passar por aqui. E respondendo a sua pergunta… ao virar o vidro de ponta cabeça, o ar que ficou lá dentro vai passar pela geléia quente e se esterilizar. Assim a durabilidade da geléia é maior. Abraço.